Embalagens Inteligentes reduzem custos para a indústria

Embalagens Inteligentes reduzem custos para a indústria

Instituto: Instituto SENAI de Inovação para Tecnologias da Informação e Comunicação

Breve Descrição do Projeto:
Em março deste ano, a Reciclapac teve aprovado mais um projeto PIPE Fase 2, de desenvolvimento de embalagens inteligentes. “O nosso objetivo é utilizar conceitos da indústria 4.0 para fazer com que os racks se comuniquem com os integrantes da cadeia produtiva, dando visibilidade em tempo real da localização e fluxo de embalagens e produtos”, explica. O projeto encerra no início de 2020. “Nos primeiros PIPEs, o foco era a logística. Agora, o foco será a manufatura, a embalagem conversando com o robô.” Em cinco anos, desde a sua criação, a empresa cresceu. “Dobramos o número de funcionários: éramos quatro; agora somos oito”, diz Machado. E, neste ano, a Reciclapac começou a gerar receita. “Em 2017, o faturamento foi de R$ 20 mil. Nos seis primeiros meses de 2018, já faturamos R$ 500 mil. Se tudo der certo, fecharemos o ano ultrapassando a casa do R$ 1 milhão”, prevê Machado. Neste estágio de crescimento, o grande desafio é ganhar escala. “Há demanda para conectar 20 mil racks no curto prazo, e precisamos gerir o fluxo de caixa para comprar dispositivos eletrônicos”, diz. Machado não crê que, nesse momento, a solução seja buscar um investidor. “É complicado fazer a avaliação de uma empresa com faturamento não consolidado. Antes de qualquer coisa, temos que focar no faturamento.”