Cicatrização de pintura automotiva

Cicatrização de pintura automotiva

Instituto: Instituto SENAI de Inovação em Eletroquímica

Breve Descrição do Projeto:
A cicatrização vem do termo self healing, cuja tecnologia permite que uma superfície que tenha sofrido algum dano ou estresse seja capaz de refazer inteira ou parcialmente o design e aparência de sua pintura. Esses revestimentos funcionais são conhecidos como smart coatings. Para se conseguir tal efeito, a técnica empregada foi a aplicação de materiais ativos microencapsulados. O processo de microencapsulamento consiste na incorporação de substâncias de interesse numa matriz polimérica, obtendo-se partículas de tamanho micrométrico. Neste caso, as microcápsulas contendo resina epóxi e endurecedor foram incorporadas diretamente no revestimento, de forma que o agente reparador (mantido em suas características originais e, portanto, não afetado pela cura do revestimento) é liberado após ocorrência de fissura superficial, sendo possível que este recubra a área afetada pelo dano. Desta forma, esta tecnologia inovadora poderá ser utilizada em todos os processos produtivos que necessitem de processos de manufatura e uma fase de pintura posterior, pois apresenta grande potencial em diminuir a degradação da pintura automotiva e também em reduzir os custos de manutenção, uma vez que este sistema de auto cura dispensa a intervenção humana para o reparo. Além disso, os revestimentos self healing conferem aos bens de consumo maiores tempos de vida útil com características ideais de aparência, além de maior durabilidade, proteção da estrutura e diminuição de custos com reparações. (Imagem meramente ilustrativa)